BLOG MARTINS ANDRADE E VOCÊ–E SE HOUVESSE JUSTIÇA?

 

Ao raiar do último dia de seu governo, O Príncipe FHC, às caladas da madrugada, editou uma Medida Provisória, que transformava o Advogado Geral da União em Ministro.

A mesmíssima coisa que a oposição diz que a Presidente Dilma Roussef fez com o Lula, e que por isso querem fazer o impeachment.

O advogado Geral da União, por acaso era Gilmar Mendes, esse que faz discursos todos os dias contra o governo e os petistas em geral.

Gilmar Mendes fez as maiores atrocidades em direito para viabilizar a venda e entrega do patrimônio do povo brasileiro às multinacionais, e até empresários nacionais, que se valeram das famosas moedas podres para a compra dessa empresas.

Fernando Henrique Cardoso, temendo uma enxurrada de processos contra ele e seu Advogado Geral da União, o blindou, ao editar uma Medida Provisória, que transformava o AGU em Ministro e, logo em seguida, o nomeou Ministro do Supremo, com duas funções: a primeira, barrar quaisquer processos contra o que hoje se chama de Privataria Tucana e seus responsáveis; a segunda é ser o marco regulatório das acusações contra os atos do governo e seus membros, seja qual for.

FHC e Gilmar Mendes teriam muito que responder ao povo e à justiça brasileira, caso as investigações virassem processos, e tivessem suas consequentes semelhanças às que hoje têm as investigações da Lava Jato.

Por exemplo: de onde vieram os recursos para a compra dos votos para aprovação da emenda que permitiu a reeleição? E o dinheiro da amante, como foi fornecido e qual o benefício recebido pela Brasif em troca de servir de cofre para a amante de FHC?   Quem levou o dinheiro dos bancos regionais, tipo BNB, B. da Amazônia, etc; Por que a operação Banestado, que teve 150 bilhões de dólares lavados e transferidos para outros paraísos fiscais não deu em nada, ninguém foi preso e o país nunca recuperou um centavo?

Lembrar que o inquérito do Banestado, investigava 150 bilhões de dólares, ou 552 bilhões de reais, enquanto o da Petrobras está estimado em, aproximadamente, 22 bilhões de reais. Quase 25 vezes menor que aquele?

Este deu cadeia (em petistas e seus colaboradores) e aquele rendeu uma declaração de Alberto Yousef, afirmando que nunca mais iria lavar dinheiro.

E qual o critério do Juiz Sergio Moro, que presidiu aquele e preside este da Lava Jato, para prender só neste?

Ah, se houvesse justiça?

 
Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: