BLOG MARTINS ANDRADE E VOCÊ–DIREITO DE RESPOSTA. ESSA É A LEI.

"Um repórter experiente da Folha, Rubens Valente, conseguiu acreditar numa reportagem da Veja.

Esta é a surpresa da história: um jornalista veterano usar a Veja como fonte." Paulo Nogueira

Se um jornalista com vários anos de janela, caiu na esparrela da reportagem da Revista Veja e a citou em sua matéria, imagina o cidadão que vai ao médico e lá abre a revista enquanto espera sua vez de ser atendido; imagina a dona de casa que vai ao dentista, e igualmente, espera sua vez, lendo as matérias que Veja publica.

Como ficam os cidadãos que não tem tempo de pesquisar uma informação ou uma matéria publicada pela Revista Veja, e saem por aí, compartilhando coisas publicadas pela revista, praticando assassinato de reputação, repercutindo mentiras?

Essa é uma das virtudes do direito de resposta.

O cidadão que teve sua reputação agredida, assassinada, ter o direito de usar o mesmo veículo que o destratou, para se defender!…

E no prazo de dez dias!.

Não tem essa de esperar 12 anos, como aconteceu com um cidadão paulista, que teve sua reputação atingida por uma matéria da Folha, entrou na justiça e passou 12 anos para ter esse direito.

Quando sua resposta foi publicada, o leitor não sabia nem do que se tratava!

E o que Rubens Valente publicou, endossado por uma reportagem de Veja?

O jornalista escreveu na Folha, que um lobista preso na Operação Lava Jato, disse que tinha cedido uma sala para Fábio Luis, filho de Lula, trabalhar. Que ele, o lobista, havia confirmado essa informação para a Revista Veja. E leu na Revista Veja essas matérias.

Era mentira. A Veja mentiu, novamente, e levou um jornalista experiente na conversa.

O jornal Folha de São Paulo publicou um desmentido. Mas isso não encerra o direito de resposta, que pode envolver até compensação financeira.

A nova lei vai criar no jornalista, nas editorias de jornais, televisão, rádios, mais reponsabilidade ao editar e publicar fatos.

Daqui pra frente, mesmo em veículos tradicionalmente reconhecidos como de oposição, a notícia se aproximará mais da verdade.

Na mídia, o direito de resposta agora é uma realidade.

Essa é a lei. 

 

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentários

  • matheus  On 18/06/2017 at 23:34

    Impressionante como tem revistas e jornais que vinculam cada coisa absurda. Direito de resposta sempre.
    Parabéns pelo post e blog.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: