BLOG MARTINS ANDRADE E VOCÊ–O CIRCO E OS RADIALISTAS DE OPOSIÇÃO.

Ontem à tarde ouvia determinado programa radiofônico em uma emissora AM aqui de Fortaleza, quando o apresentador pôs no ar um ouvinte.

Vomitando idiossincrasia, dados estatísticos fajutos, sem o mínimo de racionalidade, o ouvinte discorreu sobre o atual governo brasileiro.

Comparou dados de criminalidades com teses comunistas; vociferou dados de mortalidade infantil, criando estatísticas mentirosas; e condenou o governo no caso Petrobras e atirou pedras na presidente por causa dos impostos da CPMF…

Cá comigo, fiquei à espera da intervenção do apresentador, que ao final concordou com seu mal informado ouvinte.

Durante muitos anos apresentei programas radiofônicos com participação de ouvintes, por telefone. Porém nunca deixei que uma mentira prosperasse, nem tive medo de ser classificado disso ou daquilo, como acontece hoje, quando se intervém corrigindo exacerbações. Num instante você é, pejorativamente, definido como pertencente a essa ou aquela corrente política.

E o que o ouvinte falou?
Sobre criminalidade o ouvinte inventou que, os grandes líderes comunistas: Lênin, Fidel, (incluiu o Lula) falaram que, quando os assassinatos atingem determinados número, eles não são mais contados, passam a ser simplesmente dados estatísticos. Nesses países não se combatem os crimes;

Sobre mortalidade infantil, o país convive com mais de 50 mil crianças morrendo de fome por causa dos governos do PT; E sobre os impostos, notadamente da CPMF, nós vamos pagar o roubo do governo com os impostos.

Caberia ao apresentador, se bem informado fosse, sem agir politicamente, rebater o ouvinte, para que seu programa não ajudasse a propagar mentiras ao ressalto de revoltas, da truculencia ou do preconceito partidário de ouvintes politicamente ignorantes.

Nada custava ele dizer, que nos paises que ele citava, eram ditaduras comunistas, e que toda ditadura, seja ela de direita ou de esquerda, assasinatos são praticados e os governos escondem, o que não é o caso do Brasil;

No caso da mortalidade infantil, o Brasil praticamente eliminou este flagelo, que dizimou tantas vidas precoces, e que hoje a ONU reconhece que o Brasil atingiu sua meta antes do prazo estipulado, que era em 2011. O Brasil passou de 58 mil mortes infantis em 1990 para 17 mil em 2011;

Relativamente ao imposto e ao desemprego, bastava ao apresentor um pouco de cultura econômica para saber que esse imposto foi cobrado durante 7 anos, no governo de Fernando Henrique Cardoso; era para ajudar na saúde e nunca comprou um tijolo para construir um posto de saúde.

Quanto ao desemprego, se soubesse e não agisse politicamente, o apresentador teria dito que o nível de desemprego do país está em 8,5%, mas já foi 19% no governo de Fernando Henrique Cardoso. E lá, os juros era de 45% ao ano!

Quanto ao caso Petrobras, a justiça age como se todos os ladrões morassem na mesma rua. Com uma diferença: só está investigando os ladrões que moram no lado esquerdo da rua. Os do lado direito são gente boa.

Ocorre, como já citou o jornalista Rodrigo Viana, que direita ocupou todos os espaços da mídia, e nesses programas, basta que um radialista acenda um fósforo na sua fogueira oposicionista partidário, e abra os telefones para o circo pegar fogo.

 

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: