ROUBANDO O MAR

O brasileiro é apaixonado pelos ricos. Mesmo humilhados, essa paixão não acaba.

Uma política que valoriza o trabalho e o trabalhador, pode ser mandado para a lata do lixo por amor a esse amor.

A maioria eleita para o Congresso Nacional é de gente bilionária.

Na hora de defender uma política de valorização do trabalho e do trabalhador, eles vão dar um “cotoco”, como fizeram os governos estaduais e o Fernando Henrique Cardoso, quando foi presidente do Brasil.

Para desempregar pais de famílias, criaram um programa que forçava o cidadão a assinar uma demissão e recebia alguns trocados como compensação, o tal PDV.

PDV era o apelido de um “Programa de Demissão Voluntária”, criado pelo pessoal do PSDB para desempregar funcionários públicos.

O cidadão em pouco tempo gastava o que havia recebido, e dali para frente, ia passar fome com sua família.

Isso levou muita gente ao suicídio, porque, se antes ele tinha um padrão de vida, naquele momento estava recebendo um punhado de dinheiro, e no outro dia, quando a necessidade batia à sua porta, era que ele acordava, olhando para suas panelas, remédios, colégios dos filhos, e descobria que não tinha mais nada.

O desemprego batia à casa dos 19%. Não havia emprego. 

Com um salário mínimo de 59 dólares, uma inflação de 12,5% ao ano, e juros de 45%, eles pouco se lixaram para a fome dos brasileiros.

A mídia foi e continua sendo a grande alinhada dos tucanos e assemelhados: armaram uma grade de proteção nos escândalos dos tucanos e o grosso da população  pouco tomou conhecimento da roubalheira.

O PSDB faliu todos os bancos estaduais do Brasil, e depois criou um programa (O PROER) para ressarcir prejuízos dos bancos privados  com o dinheiro do povo. Assaltaram os bancos regionais, quase os levando também à falência. Venderam empresas públicas para eles mesmos. Nunca se permitiram investigar. Havia um órgão de investigação de corrupção, que foi extinto na manhã do primeiro dia de governo do Fernando Henrique Cardoso.

E ainda faliram nosso país três vezes em apenas 8 anos de governo!

Hoje a corrupção é investigada e muitos corruptos já foram ou estão presos.

Veja o que a mídia está fazendo com o brasileiro: imaginemos que o mar é o nosso país e o governo o pescador. Os tubarões são os corruptos, que estão destruindo nossa riqueza marítima. Faz-se necessário retirá-los do mar

Nos últimos 20 anos dois pescadores se lançaram ao mar. O primeiro, do PSDB, relapso, jogou sua rede de malha grande nas águas e poucos tubarões pegou, E quando os fisgou, ele, o pescador, tratou de esconder. O segundo pescador jogou uma rede de malha fina e fisgou tubarões de todos os tamanhos e nocividades. E, à medida que o segundo pescador ia fisgando, retirava-os de dentro do mar e os sacrificava.

Depois de intensas investigações, com aumento de efetivos da Polícia Federal, criação de órgãos de acompanhamento de verbas públicas, prisões de mais de 2300 pessoas corruptas, o resultado de tudo isso é que a mídia está fazendo o cidadão comum acreditar, que o pescador é o tubarão, e está roubando o mar.


Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: