O BRASIL, A ORGANIZAÇÃO PANAMERICANA DE SAÚDE E OS MÉDICOS CUBANOS.

O governo brasileiro, o país como um todo,  ressentem-se de profissionais de saúde, onde os médicos encabeçam essa necessidade.

Essa lacuna adveio da falta de investimento em educação nos primeiros 502 anos de nossa existência como nação. Sobretudo educação superior.

O mais recente governo, de tendência Neoliberal, liderado por Fernando Henrique Cardoso, não botou um tijolo para iniciar a construção de universidades, hospitais e postos de saúde nesse país.

Ouço o grito de setores da sociedade, reclamando mais profissionais nessa área, com justa razão; e na contra mão, setores políticos, que hoje fazem oposição ao governo, coonestando o grito da sociedade, sem nenhuma razão.

A sociedade tem todo o direito de reclamar, mas os grupos representativos de alguns setores dessa mesma sociedade, e que hoje se opõem ao atual governo, não.

Em 502 anos, nosso país tratou o profissional médico, como um semideus, e por via de consequência, semideus não pode ser qualquer um. Daí, as poucas universidade para formação desses profissionais, e as dificuldades de acessos a essas instituições.

Foi essa conjuntura que resultou na escassez dos esculápios.

As novas universidades federais criadas, juntamente com as vagas ofertadas pelas universidades privadas, as quais recebem alunos financiados pelos programas governamentais, só vão entregar profissionais prontos, depois de certo tempo, e o país precisa desses médicos, agora!

Como resolver e responder aos gritos de dor, ecoados por ocasião das manifestações de junho de 2013, se não havia, nem há médicos em disponibilidade para atendimento da demanda, e os que existem, não querem estar onde há mais necessidade de suas presenças?

Como resolver? 

Existe, nos Estados Unidos, uma organização que cuida de contratar e disponibilizar profissionais da área de saúde para atendimento em qualquer lugar do globo, desde que haja interesse de algum país, integrante do grupo das Nações Unidas.

Chama-se: Organização Panamericana de Saúde, uma entidade com sede na Twenty-third Street, N.W., Washington, D.C, Estados Unidos.

O Brasil recorreu a essa Organização.

É ela quem contrata e recebe o dinheiro. É ela quem tem o programa com o governo cubano.

 

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: