ARGENTINA – CAI O MONOPÓLIO DA VENDA DE PAPEL PARA JORNAIS.

A Globo acaba de noticiar que o governo argentino quebrou o monopólio da venda de papel para jornais.

No Bom Dia Brasil, Renato Machado deu a notícia e falou que duas empresas privadas faziam a venda e complementou que a lei é inconstitucional.

MAS NÃO DISSE QUE EMPRESAS ERAM ESSAS.

Quem vendia papel de jornais eram O CLARIN e LA PRENSA, dois jornais argentinos, que controlavam a venda deste produto. Tinham um preço para eles, e preços muito diferenciados para os outros.

Essa diferença do custo do papel estava inviabilizando o surgimento de novas empresas jornalisticas, e comprometendo a livre iniciativa, além de ser contra a liberdade de imprensa, por impedir o surgimento de novos jornais.

O que a Argentina quer é que outras empresas jornalisticas entrem na concorrencia e o monopólio seja quebrado em benefício da liberdade de expressão.

Os jornais Clarin e LaPrensa controlavam o principal insumo da indústria jornalísticas escrita – o papel

Anúncios
Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: