UM MICO E TANTO!…



Na briga pela presidência da república vale tudo.

Currículos são montados, enfeitados, burilados, tudo para ser detonado na campanha presidencial, cada qual querendo ser mais competente que o outro.

Já se disse que o diploma de José Serra como economista não vale; fala-se que Dilma Roussef iniciou o doutorado mas não concluiu.

Há de tudo nessa pré-temporada de candidatos a presidente da república.

Há, ainda, os títulos engorda currículos, feitos sob encomenda para causar um certo impacto, sobretudo nos eleitores que não se dão ao luxo de constatar a veracidade de algumas informações, como o mico que José Serra acaba de pagar.

Antes de se falar do grande fora, vejamos alguns fatos que antecederam ao mico do José Serra.

O presidente Lula recebeu nestes dias um prêmio da ONU pelo grande feito de ter contribuído para a redução da fome.

Como se sabe, um premio dado pela ONU tem um peso muito grande no currículo de qualquer cidadão, mais ainda se esse cidadão é um sério concorrente ao cargo de presidente de uma nação.

A assessoria de José Serra deve ter pensado assim, se Lula recebeu um prêmio da ONU, Serra também tem que receber.

Se um analfabeto tem suas ações humanitárias mundialmente reconhecidas porque um governador de São Paulo, o mais rico estado do Brasil também não pode ter?

E lá se foram arranjar o um prêmio para o José Serra.

Com a logomarca da ONU que ninguém é besta.

Foi encarregado de conceder esse prêmio, um reconhecimento ao que José Serra fez pela saúde no Brasil, uma entidade identificada como A World Family Organization (WFO), nome bonito de sigla pomposa.

Mas, quem indicou José Serra para receber esse prêmio?

A presidente da entidade, QUE TEM SEDE NO BRASIL, indicou o tucano para receber o prêmio numa sala emprestada da ONU.

Mas, quem é mesmo a senhora, presidente da Organização Mundial da Família, que colaborou com o mico de engorda do currículo de José Serra.

O nome dela é Deise Noeli Weber Kusztra.

A dona Deise tem a cara e a mania de alguns tucanos, conforme notícia da CBN no seguinte endereço: (http://www.cbncuritiba.com.br/index.php?pag=noticia&id_noticia=3924&id_menu=136&conjunto=&id_usuario=¬icias=&id_

loja=&PHPSESSID=d033903cc9042d4a0ea9f8ef77828721)

Leia a matéria:

“Ex-diretora da Associação Saza Lattes vai precisar prestar contas da própria gestão



Álvaro Borba – 25/04/2006

Deise Noeli Weber Kusztra vai ter que prestar contas do período em que foi diretora geral da Associação Sazza Lates. A decisão é referente ao processo que tramitava desde 2003 na décima oitava vara cível. Deise dirigiu a entidade filantrópica de 1987 até 2000. O diretor que assumiu no lugar dela, Paulo Azzolini, diz ter encontrado a Saza Lattes com um furo de R$ 592 mil no caixa. Paulo Azzolini diz que boa parte da quantia saiu da entidade através de cheques de R$ 40 mil cada que eram descontados por um funcionário. Foram sete cheques descontados entre fevereiro e setembro de 2000.

Outra fraude freqüente, segundo Paulo Azzolini, era a movimentação de recursos para pessoas e entidades sem qualquer relação com a Saza Lattes. Esse tipo de movimentação teria sido constatado em uma auditoria que revelou que o buraco no caixa da associação era ainda maior.

A reportagem da rádio CBN tentou contato com Deise Noeli Weber Kusztra através de um telefone residencial registrado no nome dela mas ninguém atendeu. A reportagem também tentou falar com Deise Weber pelo celular, que estava desligado. A direção atual da Saza Lattes disse ter conhecimento da denúncia contra a gestão de Deise mas que desconhecia até a manhã desta terça-feira a decisão da Justiça.”



Dona Deise tentou passar a perna nos sergipanos, (ou passou?) quando recebeu cerca de 6 milhões de reais para construção de uma maternidade e não aplicou os recursos.

Leia matéria aqui: (
http://www.infonet.com.br/claudionunes/ler.asp?id=62037&titulo=claudionunes)



function abrirJanela(theURL,winName,features) {

window.open(theURL,winName,features);

}

Infonet Cláudio Nunes

Deisi, maternidade e Via rápida

Em 29 de agosto do ano passado este espaço denunciou que Deisi Noeli, da OMF, tinha problemas judiciais em Curitiba. Agora a Controladoria e o MP devem denunciar Deisi porque não aplicou corretamente cerca de R$ 6 milhões do governo do estado na maternid

09/07/2007 – 04:31

Sem duvida nenhuma o povo sergipano é hospitaleiro até demais. Recebe a todos que chegam aqui não só de braços abertos, mas abre seu coração numa característica impar em todo país. Porém, por conta deste jeito sem maldade e com uma certa ingenuidade, algumas pessoas – principalmente ditas “autoridades” chegam aqui e tentam passar a perna não só nos sergipanos, mas nos recursos públicos. É o caso da senhora Deisi Noeli Kustra, responsável pela ONG, Organização Mundial da Família – OMF. Na semana passada auditoria da Controladoria Geral do Estado – CGE, descobriu que dos recursos repassados para a OMF, pelo governo passado, para construir a maternidade Nossa Senhora de Lourdes, cerca de R$ 6 milhões foram aplicados irregularmente. Ou seja, a CGE, defende que esses recursos sejam devolvidos aos cofres públicos, corrigidos monetariamente.

Em 29 de agosto do ano passado, este espaço publicou duas notas mostrando que a Deisi Noeli tinha problemas com a Justiça em Curitiba. Leia o texto: “Deisi Noeli Weber Kusztra vai ter que prestar contas do período em que foi diretora geral da Associação Sazza Lates. A decisão é referente ao processo que tramitava desde 2003 na décima oitava vara cível. Deise dirigiu a entidade filantrópica de 1987 até 2000. O diretor que assumiu no lugar dela, Paulo Azzolini, diz ter encontrado a Saza Lattes com um furo de R$ 592 mil no caixa. Paulo Azzolini diz que boa parte da quantia saiu da entidade através de cheques de R$ 40 mil cada que eram descontados por um funcionário. Foram sete cheques descontados entre fevereiro e setembro de 2000. Outra fraude freqüente, segundo Paulo Azzolini, era a movimentação de recursos para pessoas e entidades sem qualquer relação com a Saza Lattes. Esse tipo de movimentação teria sido constatado em uma auditoria que revelou que o buraco no caixa da associação era ainda maior. A reportagem da rádio CBN tentou contato com Deisi Noeli Weber Kusztra através de um telefone residencial registrado no nome dela, mas ninguém atendeu. A reportagem também tentou falar com Deise Weber pelo celular, que estava desligado. A direção atual da Saza Lattes disse ter conhecimento da denúncia contra a gestão de Deise mas que desconhecia a decisão da justiça”.

Foi essa senhora que anunciou ao governo passado, que tinha cerca de R$ 1 bilhão (US$ 470 milhões)para erradicar a miséria em Sergipe através do programa “Via Rápida”, da ONU. O então candidato João Alves Filho, fez deste R$ 1 bilhão uma de suas principais metas de campanha. A coluna fez um questionamento no final de setembro ao Centro de Informações da ONU e recebeu a informação de que a Organização Mundial da Família, OMF, é uma ONG, que não pertence ao sistema das Nações Unidas. Ou seja, contra fatos não há argumentos.

Agora Deisi tem que se explicar ao Ministério Público Estadual e ao atual governo. É preciso uma punição exemplar para que pessoas deste tipo deixem de pensar que Sergipe é um Estado de tolos onde se adquirir recursos públicos ludibriando a todos. A punição de Deisi Noeli deve ser apenas a primeira parte deste processo, que pode chegar também ao ordenador de despesas, já que foi feito um convênio sem licitação com uma ONG que já estava sob suspeita no Paraná.

Charge: Edidelson Silva.

Deisi fez a mesma coisa om hospital em Curitiba

O ex-prefeito de Curitiba, Rafael Greca tem até hoje problemas com a justiça por conta de um convênio que fez com a ONG de Deisi Noeli, sem licitação. Lá, o Ministério Público pediu até suspensão de direitos políticos de Rafael Grega. A obra questionada é o Hospital Comunitário do Bairro Novo construído através de convênio com a Associação de Proteção à Maternidade e à Infância Saza Lattes. O hospital foi construído para realizar assistência básica à saúde, referências ambulatoriais e assistência hospitalar de baixa complexidade, atendendo bairros da Região Sul da cidade. Tem 2.500 metros quadrados e foi inaugurado em 1997, já na gestão Cássio Taniguchi. A Saza Lattes recebeu do município um total de R$ 3,6 milhões para construir o hospital e logo em seguida devolver o bem ao município. O hospital foi construído em associação com a Beacon Medical International, empresa norte-americana, e com equipamentos doados pela Union Internationale Des Organismes Familiaux (Uiof), que possuía a concepção do modelo tecnológico da construção do hospital, sendo que a representante no Brasil dessa entidade (Deisi Noeli Weber Kusztra) era também diretora da Saza Lattes.



Mas o pior ainda não aconteceu.

O Prêmio dado ao tucano, além de ter acontecido numa sala emprestada da ONU, ter tido um discurso do homenageado como se o premio tivesse sido ofertado pelo organismo mundial, o tiro de misericórdia foi dado pela própria ONU, que negou qualquer relação com a homenagem e o homenageado.

ESCLARECIMENTO DA ONU SOBRE A ONG QUE HOMENAGEOU O SERRA

Por Valeria Schilling



ESCLARECIMENTO

A World Family Organization (WFO) não é uma entidade da Organização das Nações Unidas (ONU). Trata-se de uma Organização Não-Governamental (ONG), com sede em Paris, associada ao Conselho Econômico e Social (ECOSOC) da ONU, com status consultivo, e associada ao Departamento de Informação Pública (DPI) da Organização.



As ONGs associadas ao ECOSOC e afiliadas ao DPI não representam a ONU nem podem, em qualquer hipótese, falar em nome da Organização. Seu papel é de colaborar com as Nações Unidas, de forma voluntária, ajudando na divulgação das atividades da Organização e, no caso do ECOSOC, contribuindo com sugestões às atividades do Conselho.

Valéria SchillingAssessora de ComunicaçãoCentro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC Rio)



Mas não tem nada, não.

Na campanha presidencial vamos ter que tolerar o José Serra propagando que recebeu um prêmio internacional, oferecido pela ONU, pelos seus excelentes trabalhos frente ao Ministério da Saúde.

Um mico e tanto!…

Leiam mais aqui e aqui.

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: